Ouvir estrelas

Quem nunca teve um sonho? Quem nunca tentou fazer algo que parecia ser impossível?

É amigo leitor…  Sonhos são um combustível para a nossa vida.

Olavo Bilac escreveu um poema sobre este tema:

Via Láctea

“Ora (direis) ouvir estrelas! Certo
Perdeste o senso!” E eu vos direi, no entanto,
Que, para ouvi-las, muita vez desperto
E abro as janelas, pálido de espanto…

E conversamos toda a noite, enquanto
A Via Láctea, como um pálio aberto,
Cintila. E, ao vir do sol, saudoso e em pranto,
Inda as procuro pelo céu deserto.

Direis agora: “Tresloucado amigo!
Que conversas com elas? Que sentido
Tem o que dizem, quando estão contigo?”

E eu vos direi: “Amai para entendê-las!
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e entender estrelas”

Somente é capaz de ouvir e entender estrelas quem ama.

Como você ama?

Simplesmente observando sua(eu) amada(o) e reagindo a suas ações? Ou você é proativo em amar?

Ambos?

Não permita que o céu fique sem estrelas ou lua. O amor de nós mesmos é o início do caminho para ver o universo de forma diferente.

 

Beijo no coração das gurias e abraço nos xirús!

Gustavo Rocha

Blog do Gustavo Rocha – PensarFazBem

gustavo@gestao.adv.br  |  (51) 8163.3333  |  www.blogdogustavorocha.com.br