Dedico com amor 

Dedico com amor 

(Escrito por Gustavo Rocha em 24 de Outubro de 2021, um domingo ensolarado na capital dos gaúchos)

O sol iluminou a casa,

Trazendo prelúdio de bom dia!

Afirmando aos quatro cantos,

Que será um domingo de alegria;

Aquecendo o coração de bondade,

Esquentando o corpo com sagacidade,

Sol… Domingo… Poesia… Amor… Verdade!

E a nós,

O sol reserva a mesma sorte:

Duvida?

Sente-se ao sol alguns instantes,

Sinta a sua energia vibrante,

Seu calor pululando no teu corpo,

Transformando os sentimentos num instante!

O mesmo que desejo para ti:

Aproveite a vida a cada instante,

Vibre com conquistas e aprenda nos erros,

Seja intenso no que te faz bem,

Na metamorfose ambulante que a vida é neste vai e vem!

Com meu carinho, calor e verdade,

Assino estes versos com vontade,

Sou Gustavo Rocha, poeta, consultor, pensador,

És para mim inspiração de bom dia, que dedico com amor!

Sempre é bom dia!

Sempre é bom dia!

(Escrito por Gustavo Rocha, no dia 20 de Setembro de 2021)

Sempre é bom dia!

No dia da revolução Farroupilha,

Afinal, corre em nossas veias e artérias,

Sirvam nossas façanhas de modelo a toda terra!

Torrão Natal gaudério,

Como bem narrou meu saudoso avô Nassuca Rocha,

Poeta macho e guapo deste rincão,

Entre frases e palavras oriundas do coração:

“Um pedacinho do Brasil

É o meu Rio Grande do Sul

Berço do meu nascimento

Coberto com o céu azul *”

* Trecho do poema Torrão Natal de autoria de Nassuca Rocha

Orgulho de nascer nesta terra amada,

Sob o manto deste céu azul,

Berço do nascimento terreno,

Amor no peito meu;

E neste dia 20 de Setembro,

Muito além do feriado em plena segunda-feira,

Lembre-se que ser gaúcho vai além de honrar as tradições,

Além, inclusive, do churrasco e chimarrão:

Precisa de amor, verdade e poesia,

Precisa de empatia,

Precisa de razão e vida,

Precisa ser um cidadão do mundo, sem deixar de ver formosura do pago;

E, para este bom dia especial de feriado,

Que sejamos modelo a toda terra,

Espalhando nosso verbo, trabalho, esforço, dedicação e progresso,

Sem deixar de lado o amor, sentimento, carinho e bondade…

Posto que independente dos defeitos e dos rótulos que alguns julgam-nos ter,

Cada um carrega a beleza de ser,

Ser o que quiser, com as escolhas que fizer e vier,

Renúncias e consequências que destas advir,

E principalmente:

Somos um baita povo que ama a sua raiz!

Bom dia gaudérios e gaudérias de todas as querências deste Brasil varonil!

Sintam o amor pulsante nas veias farroupilhas deste poeta,

E saibam que sempre há espaço para amizade, carinho e verdade,

Assim como uma roda de chimarrão representa nossa união,

Meu bom dia reflete todo o meu desejo para este momento!

Beijo no coração das gurias e abraço nos xirús!

Gustavo Rocha

Blog do Gustavo Rocha – PensarFazBem

gustavo@gustavorocha.com  |  (51) 98163.3333  |www.blogdogustavorocha.com.br

Aos Pais

“Você culpa seus pais por tudo,

 Isto é absurdo,

São crianças como você,

E o que você vai ser,

Quando você crescer?”


Nos versos de Renato Russo, algumas  reflexões que como pai sempre me questiono:


+ Estou sendo um bom pai?

+ Será que não traumatizo minhas filhas?

+ Consigo fazer um caminho para que elas possam fazer escolhas boas ou melhores que as minhas?


Entre tantas outras, que forjam minha essência, mesmo sabendo que ainda criança no aprendizado, preciso exercer o mister de pai no dia a dia para deixar o meu legado.


Parabéns a pais de todas as formas, jeitos e trejeitos. Filhos são flechas que com a força e mira de vocês e da família são lançados a vida para escolherem seus caminhos.


Obrigado ao meu pai e a minha família por me lançarem com vontade de aprender, mudar e ser melhor. 


Que possa ser tudo isto e muito mais as minhas meninas e elas assim por diante. 


Assim, ainda vejo um respingo de futuro na humanidade.


Gustavo Rocha