Aos Pais

“Você culpa seus pais por tudo,

 Isto é absurdo,

São crianças como você,

E o que você vai ser,

Quando você crescer?”


Nos versos de Renato Russo, algumas  reflexões que como pai sempre me questiono:


+ Estou sendo um bom pai?

+ Será que não traumatizo minhas filhas?

+ Consigo fazer um caminho para que elas possam fazer escolhas boas ou melhores que as minhas?


Entre tantas outras, que forjam minha essência, mesmo sabendo que ainda criança no aprendizado, preciso exercer o mister de pai no dia a dia para deixar o meu legado.


Parabéns a pais de todas as formas, jeitos e trejeitos. Filhos são flechas que com a força e mira de vocês e da família são lançados a vida para escolherem seus caminhos.


Obrigado ao meu pai e a minha família por me lançarem com vontade de aprender, mudar e ser melhor. 


Que possa ser tudo isto e muito mais as minhas meninas e elas assim por diante. 


Assim, ainda vejo um respingo de futuro na humanidade.


Gustavo Rocha

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.