Quanta poesia tem no teu bom dia!

Quanta poesia tem no teu bom dia!
Que invade a minha essência,
Ilumina minha alma,
E quer ser parte da minha vida?

Palavras doces e verdadeiras,
Alumiam cada escuridão,
Acalentam meu corpo e volição,
Volúpia própria da paixão;

Traduzem um pouco de si e do seu contexto,
Dizem quem és e o que pulsa pujante no seu seio,
Entranhas que bendizem teu nome e verso,
Bom dia! Ah! Como te espero!

Não és diário, nem por isto menos importa,
Tem a medida certa da hora:
Quando o poema nasce no coração,
A escrita o transforma em sedução;

E nestes versos rimados em poesia,
Transmuto meu sentimento em uníssono:
Bom dia eu te dou com todo meu carinho!
Bom dia eu recebo ao me doar a ti, com todo meu alinho.

Escrito por Gustavo Rocha e enviado em 30 de Abril de 2021

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.