Seja o dia da tua verdade

Seja o dia da tua verdade
(Escrito por Gustavo Rocha para dia das crianças 2020)

Quando penso na criança,
Penso na minha criança interior,
Medos, anseios e desejos,
Penso em tudo que se passou;

Vejo nela nas minhas filhas também,
A cada palavra, gesto, atitude,
Cada sorriso novo,
Renovando minha vissicitude;

Data que para muitos não passa de um feriado,
Para outros, data de presentes,
Na minha visão,
Reflexão profunda da realidade as vezes ausente:

Conhecer a si mesmo requer muita vontade e profundidade,
Dor e aprendizado,
Amadurecimento e razão,
Sentidos que nem todos estão dispostos a encarar não;

Diante disto,
Meu bom dia neste dia é em tom de saudade e volição:
Saudade de brincar sem preocupações,
Volúpia de que possamos crescer sem perder esta volição!

Meu desejo, enfim, resta diáfano:
Bom dia pra você, eterna criança nesta existência,
Que cresça no que for preciso,
Sem esquecer que realmente é preciso,
Enxergar pelos olhos dos pequeninos;

Visão sem o embaço dos fatos duros e cruéis,
Sem malícias e maldades,
Apenas amor e verdade…
Quem dera fosse esta a nossa realidade…

E do meu eu para o teu,
Este sou eu: criança, quiçá infantil, pueril,
Sem perder a essência que forja o adulto que ora escreve para ti,
E afirma com veemência:

Para ti, que pulsa nas minhas entranhas,
Seja este o bom dia do dia das crianças,
Num desejo de vida na tua vida,
Como um rodopio em pura felicidade,
E neste olhar singular, seja o dia da tua verdade!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.