Versos de saudade

Versos de saudade

(Escrito por Gustavo Rocha para seus avós, em 26/7/2015)

 

Versos que não são tristes,

São emotivos por demais,

São pura poesia da alma,

São saudade em letras, rima e prosa por demais;

 

Vovô Nassuca Rocha,

Já se passaram mais de 20 anos,

Nenhum momento consigo deixar de lembrar,

Do quanto amo te amar;

 

Vovó Mininha,

O que dizer de quem foi parte indissociável da minha vida,

De alguém que só com sorriso me recebia,

E que ensinou pra mim que o amor é que vale a pena nesta vida.

 

E o vovô João,

Que aprendi a contar até mil em seu colo,

Que brincava de cavalinho em sua perna,

Que sempre esteve do seu jeito em nossa vida, sendo hoje de forma eterna.

 

E sem deixar de lado a vovó Julieta,

Que até o fim me chamava de Gugu,

Que dormir na sua casa na infância era alegria,

Com jogos e brincadeiras especiais na minha vida;

 

E como não ter saudade disso tudo,

Saudade boa, com carinho e amor,

Saudade que a data propõe a memória,

Embora nunca tenham saído do meu coração;

 

Onde estiverem sei que oram por nós,

Sei que Deus-Pai há de me dar a bênção,

Do dia derradeiro do juízo dos meus atos,

Ter a doçura de vocês advogando em meu alento;

 

Só resta um amor desmedido,

Só resta saudade neste peito bandido,

Roubado pelo amor físico que a vida levou,

Amor eterno é o que restou.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.