O que é ser normal?

Ao tentar responder esta enfadonha pergunta, me questiono: Sou normal? Aliás, somos normais?

O que leva alguém a ser normal?

Vejo tantas pessoas diferentes e nesta diferença vejo a beleza do ser humano e inúmeras vezes me questionei se meu pensar e atitudes estavam dentro daquilo que era normal. Já ouvi de alguns: Tu és um cara simples, normal. De outros, como eu era especial.

E o que faz esta diferença acontecer em visões diferentes?

Então:

 

[notice]

Ser normal é ser um pai de família ou um solteiro pegador na madrugada?

Ser normal é ser fiel a uma pessoa e a seus princípios ou mudar de causa e de pessoa no primeiro problema?

Ser normal é viver cada segundo como se fosse o último ou estar alinhado as coisas do passado?

Ser normal é homem e mulher, homem com homem, mulher com mulher ou tanto faz?

Ser normal é comer carne ou apenas nada derivado dela?

Ser normal é ter sucesso ou ter sucesso é ser como se pensa que é?

Ser normal é ter dinheiro e comprar tudo que tem de bom para comprar ou é ter o suficiente para viver do jeito que acha que deve?

Enfim, o que é ser normal?

[/notice]

 

A primeira resposta que encontro é a mais óbvia e natural: Depende do ponto de vista.

Cada um encontrará em seu ponto de vista algo que preenche seus valores, suas ideias, seus pensares e diante desta realidade irá dizer o que é ou não normal para si ou para outrem (conforme analisa os outros).

Contudo, para mim, Gustavo Rocha, vulgo Gustavo Rocha Rodrigues Giraldello, ser normal é ser eu.

Cheguei a conclusão que ser normal – como a maioria pensa que é ser normal – não vale a pena.

Aliás, cada vez mais concordo com Nelson Rodrigues: A unanimidade é burra.

É na diversidade de ideias e de pensar que podemos ser felizes.

Só que acreditar que é na diversidade de ideias que podemos ser felizes é o meu modo de pensar. Talvez não seja de outros e isto em nada me magoa ou afeta.

Acredito na magia de ser quem sou e na eterna construção do meu eu.

Porque perder tempo tentando encontrar em outros valores a satisfação da minha vida se em cada singular segundo da minha existência posso descobrir em mim mesmo meus próprios valores?

Penso que muita gente não quer se descobrir para não enfrentar o vazio de nunca ter pensado em si mesmo.

Isto mesmo! Pensar em si mesmo.

Não como altruísmo ou egoísmo ou apenas pensar em si para obter vantagens.

 

[warning]

Pensar em si mesmo como instrumento de mudança no mundo.

Pensar em si mesmo aceitando a dor de saber que erra e que pode acertar.

Pensar em si sobre suas atitudes e repensar as mesmas, sempre buscando o que pensa ser o mais certo e mais verdadeiro para si mesmo.

[/warning]

 

Talvez a conclusão seja para um lado e talvez seja para outro.

Ao fazer tal reflexão, descobri que apesar de muitos pensarem ser uma fraqueza, tenho em mim uma beleza, o fato de ser alguém que demonstra o que sente em seu coração.

Descobri que para muitos a beleza é necessária ou imprescindível como meio de vida, sendo que para mim é um meio de ser feliz e saudável.

Descobri que muitos escondem suas verdades sob pano de austeridade, brigas, seriedade, enquanto por dentro são completamente diferentes e não conseguem ser diferentes porque acham que não podem mudar.

Aliás, mudar para algumas pessoas é perder quem são, enquanto para mim, mudar é ser quem sou.

E em conclusão: O que é ser normal então?

Para mim, ser quem sou naquilo que acredito.

Se vai ser normal para o leitor ou para outro, não sei. Apenas sei que para mim é, e aceito esta verdade como base para crescimento da minha existência.

E para você, o que é ser normal?

#PensarFazBem

 

Beijo no coração das gurias e abraço nos xirús!

Gustavo Rocha

Blog do Gustavo Rocha – PensarFazBem

gustavo@gestao.adv.br  |  (51) 8163.3333  |  www.blogdogustavorocha.com.br

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.