O que eu mereço

O que eu mereço
(escrito por Gustavo Rocha)

 

Pensei em você desde o amanhecer ao meu deitar,

Deitar que foi com a saudade do pensamento em você,

Você, que se traduz no meu olhar,

Olhar que sente saudade de nós, meu bem querer;

 

Teu sorriso me inebria,

Teus olhos uma conquista diária,

Teu corpo é pura volúpia,

Contigo, tudo se transforma em amar…

 

Não um amar apenas corporal,

Um amar pra lá de especial,

Um amar sorrindo, alegre e contente,

Um amar único, sem igual.

 

Somos dois, somos um,

Somos nós dois em apenas um sentimento,

Te amo a cada momento,

Somos nós dois em movimento.

 

Poesia é apenas o início,

Verborragia de um homem apaixonado,

O bom mesmo é o carinho, tesão e vontade,

Que sinto quando estou ao teu lado;

 

Tu és a mais que minha musa inspiradora,

Tu és mais do que sinto, vejo e almejo,

És minha alma gêmea em separado,

És tudo aquilo que mereço.

 

Beijo no coração das gurias e abraço nos xirús!
Gustavo Rocha
Blog do Gustavo Rocha – PensarFazBem
gustavo@gestao.adv.br  |  (51) 8163.3333  |  www.blogdogustavorocha.com.br

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.