Quando Deixei De Sonhar

“Quando Deixei De Sonhar”

Quando o mundo se enche de cor as árvores trocam impressões com os girassóis e os lírios da terra e estrelas se apaixonam e tornam mais iluminadas…
Quando a paralisia das palavras e os tremores te chamam em contenção, sem saber o que dizer.
Quando acabas de sonhar e há sempre mais um sonho escondido nas prateleiras onde guardas os versos…
Quando chegas a casa e as paredes te abraçam, brancas como a palidez do corpo nu, que meu desejo se transforma em mergulhar-te ao mais profundo.
Quando te chamo do parapeito da janela onde os pássaros namoram, te atiro beijos ao chão que pisas, te grito amor para as bocas caladas do mundo…
Quando…
Quando somos só nós dois e um só todo.
Quando já não há palavras há silêncio e fantasia e os tetos caem estrelados sobre nossos corpos amantes, e cintilam estrelas virgens do céu dos teus olhos ,e te agarro num gesto brusco para te abordar a sexualidade em desejos fogosos e ardentes.
Quando deixei de sonhar deixei de te ver e sentir…
Estou acordado, ainda assim…
Estás sempre aqui.

Autor: Paulo Themudo

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.