Entre tapas e beijos

O texto da Martha Medeiros é uma ótima reflexão:

“Certos namorados brigam dia sim, dia não. Na sexta se amam, no sábado se odeiam, no domingo fazem as pazes, na segunda prometem nunca mais se ver. São amores movido à adrenalina, que rendem bons versos e letras de música. Muito destes casais conseguem chegar ao altar e continuam entre tapas e beijos até as bodas de ouro. Brigam e voltam tantas, mas tantas vezes, que na verdade nunca chegam a se separar. Deixe que digam, que pensem, que falem. O amor é lindo.”

– Martha Medeiros.

Conheço casais assim e penso – sinceramente – como é que conseguem viver. Ainda prefiro a paz do amor e o descanso do amor. Brigas? De vez em quando… Mas, no dia a dia mesmo, prefiro amor, carinho, atenção. Prefiro vista grossa de certas bobagens do que estar certo o tempo todo.

Não sou perfeito. Ela também não.

Somos imperfeitos na busca de uma vida em comum, cada um com suas manias, jeitos e trejeitos.

Dá pra conseguir uma união? Com certeza sim. Para sempre? O tempo dirá. Mas, garanto que de minha parte, cada dia levanto pensando na eternidade deste sentimento…

 

Beijo no coração das gurias e abraço nos xirús!
Gustavo Rocha
Blog do Gustavo Rocha – PensarFazBem
gustavo@gestao.adv.br  |  (51) 8163.3333  |  www.blogdogustavorocha.com.br

 

 

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.