Sentir, palavras ao meu sentir

Existem momentos na vida da gente em que as palavras perdem o sentido, ou parecem inúteis, e por mais que a gente pense numa forma de empregá-las, elas parecem não servir.
Então a gente não diz, apenas sente.
Sigmund Freud

Quantas vezes isto ocorre, não é mesmo?

Palavras são excelentes, mas em alguns momentos desnecessárias. Palavras são úteis, mas por vezes totalmente inúteis.

Vamos deixar a nossa voz interior dizer algo… Dizer o que sente, o que vê e como acha o melhor para nós. Depois, com nossa razão, tomamos a decisão correta.

Muitas vezes a voz interior/intuição serve para nos auxiliar a viver mais plenamente…

Pense nisto.

 

Beijo no coração das gurias e abraço nos xirús!

Gustavo Rocha

Blog do Gustavo Rocha – PensarFazBem

gustavo@gestao.adv.br  |  (51) 8163.3333  |  www.blogdogustavorocha.com.br

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.